sábado, maio 27, 2006

760. Ainda a propósito da governamental...

... diarreia de pretender que os pais e encarregados de educação avaliem os profs dos crianços, aí vai uma sugestão, no sentido de aperfeiçoar a excelente medida:

- Por que não conferir aos profs a possibilidade de avaliarem, eles também, o desempnho dos pais e encarregados de educação? Assim como os mininos chegassem à escola todos os dias, assim os profs classificariam o desempenho diário dos pais e correlativos. No fim do ano se veria.

Claro que, assim, chegados ao final do ano, profs e pais e correlativos seriam passados de ano ou não, consoante a avaliação obtida.

Última sugestão, também ela no sentido de aperfeiçoar tão excelsa medida da mente governamental:

- Em caso nenhum os crianços seriam reprovados. Os profs poderiam ser ou não; assim mesmo, os pais e correlativos. Os crianços, porém, nunca, jamais! Mesmo que não tivessem trabalhado a pontinha de um corno, e, consequentemente, não soubessem, acerca da matéria dada, sequer a ponteca de um chavelho. Sim, porque os criancinhos, não podem ser traumatizados, coitaditos deles.

E não aparece por aí nenhum pai ou encarregado de educação ou o raio que o parta que avalie esta treta de governo que por aí faz burrada dia sim dia sim, com uma arrogância e uma incompetência de bradar aos céus?...
...

5 comentários:

Moura Viva disse...

Subscrevo na integra!

Sulista disse...

...os Pais não têm competência científica nem isenção para tal !

e depois, todos os meninos que se portarem sempre mal (porque em casa não lhes dão educação) e não trabalharem, passarão a ter boas notas para os paizinhos avaliarem positivamente os prof's ???!

Enfim, continuo atónita...perante tal medida de DISFUNÇÃO CEREBRAL ou de SACANAGEM!

H. Sousa disse...

Excepcional medida para melhorar o insucesso, digo, o sucesso! Isto está bonito...

azurara disse...

Não duvide que isto seria o caminho mais rápido para o abandalhamento final do sistema.
Digo "seria" porque acho que a Ministra quer que isto seja o pólo da luta dos sindicatos. E vai arranjar uma maneira deles (sindicatos) terem com esta luta, uma VITÓRIA RETUMBANTE.
E, à custa disso, vai fazer aprovar uma série de regras que podem ser muito importantes.

Um abraço para o Ruben, que tem andado "desaparecido".

Ruvasa disse...

Viva, Agnelo!

Consigo entender essa "estratégia", mas não a aceito.

Não posso conceber que alguém, com um mínimo de postura, ponha o Estado Português a fazer negócios ao nível de qualquer vendedor de mulas da Feira de Carcavelos.

Abraço

Ruben