segunda-feira, outubro 09, 2006

751. O assalto que não foi...



Estão a ver a multidão de candidatos a clientes que, em face da publicidade oferecida gratuitamente ao Banco, logo à porta se juntou, pelas 3 e tal da manhã?
Até parecia a bicha para as consultas da Caixa...
E então isto não tem que ser pago?



O tão noticiado e badalado assalto, seguido de sequestro de três ou quatro pessoas, numa agência bancária, situada na Avenida Rodrigues Manito, em Setúbal, não passou de um golpe, fraudulento como todos os golpes, sim, mas de génio. E de um valor publicitário inimaginável!

Não houve qualquer assalto nem sequer o mínimo sequestro.

O que se passou foi que o homem, possuindo um estabelecimento comercial, necessitava urgentemente de dinheiro para prover às necessidades do negócio.

À hora do almoço do dia do evento, ralado da vida, desesperado mesmo, calhou assistir um pouco ao que passava no televisor na sua frente.

E foi então que se lhe fez luz.

Precisando desesperadamente de dinheiro, não tendo pais ricos nem jogando na lotaria, seguiu o conselho que todos os dias é exaustivamente feito correr pelas estações de TV.

Ou seja, ele, sim, foi ao... BES!

Pois que mais poderia o homem fazer? E não é verdade que a atitude que tomou lhe estava ali mesmo à mão de semear, sendo instilada, de forma a penetrá-lo até aos mais recônditos recessos da sua torturada mente?

Postas as coisas en su sitio, cabe agora ao Banco em questão não só ressarcir o cidadão da lavagem ao cérebro que diariamente lhe vinha a ser feita, como ainda, remunerá-lo pela excelente peça de publicidade gratuita que à instituição bancária foi proporcionada.

Vamos lá, senhores, não sejam unhas de fome, como é habitual nesse sector, ok?
...

4 comentários:

azurara disse...

Olá Ruben

Essa coisa foi foi um assalto e... peras!
Só faltou aparecerem os americanos com a equipa SWAT.
Mas para publicidade...

Ruvasa disse...

Viva, Agnelo!

Nós, por cá... somos o máximo, ou, como diriam os américas, um "must".

;-)

Sulista disse...

Todos os conteúdos para um bom trailler à americana ;-)
...só faltaram lá os Comandos!

BEijinho
Maria João

Ruvasa disse...

Viva, Sulista!

Mas comandantes... nem queiras saber!

Beijinho

Ruben