quinta-feira, novembro 10, 2005

596. Vote em verso... que é mais certo! (1)

Nas presidenciais...

VOTE NULO !

...que eles não merecem mais!
...
* * *
...
Mas tenha presente que, mesmo votando nulo, deve fazê-lo com estilo.
...
Mostre que não é um(a) qualquer.
...
Liberte a veia poética que há em si.
...
A todo o tamanho do boletim, escreva uma quadra.
...
Por exemplo:

O meu voto tu pretendes
mesmo sem o mereceres...
Só te dou esta quadrinha...
... É c'o maior dos prazeres!!!
...
Se esta não lhe agradou, tenha paciência. Dar-lhe-ei outras. Vá estando com atenção.
...

5 comentários:

azurara disse...

Ná.
Acho que isto é demasiado importante para votar no "nulo".
Abraço.

Ruvasa disse...

Viva, Azurara!

É exactamente pela razão que apresentou, ou seja, por "isto" ser demasiado importante, que não podemos continuar a brìncar à eleição de quem não merece a mínima confiança.

Esta brincadeira dura há trinta anos. Veja bem ao que nos conduziu. Estes cavalheiros têm que ser "ensinados". Se congtinuarmos a votar neles, ensiná-los-emos a quê? A continuarem a gozar-nos?


Isso... Vote num e, se ele vencer, depois venha para cá queixar-se, que eu conto-lhe um conto. Valeu?

Abraço

Ruben

JMTeles da Silva disse...

Sou monárquico, não voto em presidentes da républica.

Ruvasa disse...

Viva, Teles da Silva!

Sou republicano, mas já fui mais!... Não voto em presidentes da república.

Pelo caminho que as coisas estão a seguir, estou a chegar ao ponto em que não voto nesses nem em quaisquer outros, PRs, ARs, ALRs, ALs e outras coisas que tais.

Estes senhores tiram-nos a vontade de votar. Pura e simplesmente. Nunca, em circunstância alguma conseguimos votar no melhor. Quando muito, no menos mau... que, ainda assim, é suficientemente mau para que possamos acreditar nele.

Abraço

Ruben

FÚRIA PUNK disse...

acho que está bem visto :)
nao discordo do seu ponto de vista, Ruben!

um abraço amigo

Paulo