terça-feira, dezembro 19, 2006

778. Nem a quadra de Natal…


… consegue aplacar-me a vontade de afirmar alto e bom som que este mangas, de nome Políbio Braga, está mesmo a pedir uma ensinadela.

Portugal e os portugueses podem não merecer nada de bom. Mas aqui o envinagrado merece... Um bom par de borrachos bem aplicados em plenas fuças!

O cretino, hein?

Ora, aprecie-me só esta peça:

Por trás da notícia
Portugal não merece ser visitada e os portugueses não merecem nosso reconhecimento

05.12.06 16:19
Há apenas uma semana, em apenas quatro anos, o editor desta página visitou pela quinta vez Lisboa, arrependendo-se pela quarta vez de ter feito isto. Portugal não merece ser visitada e os portugueses não merecem nosso reconhecimento. É como visitar a casa de um parente malquisto, invejoso e mal educado. Na sexta e no sábado, dias 24 e 25, Portugal submergiu diante de um dilúvio e mais uma vez mostrou suas mazelas. O País real ficou diante de todos. Portugal é bonito por fora e podre por dentro. O dinheiro que a União Européia alcançou generosamente para que os portugueses saíssem do buraco e alcançassem seus sócios, foi desperdiçado em obras desnecessárias ou suntuosas. Hoje, existe obra demais e dinheiro de menos. O pior de tudo é que foi essa gente que descobriu e colonizou o Brasil. É impossível saber se o pior para os brasileiros foi a herança maldita portuguesa ou a herança maldita católica. Talvez as duas.

Pode ver original em
http://www.polibiobraga.com.br/ na rubrica por trás da notícia.

Já lhe respondi à letra. Infelizmente, o comentário foi engolido pelo democrático site do pimpão e, claro, não publicado. Normalmente, estes anormais são assim. Idiossincrasias…

14 comentários:

Ruvasa disse...

Amigo Ruben

O Senhor Embaixador no Brasil já respondeu a esse "cara" com a elegância do cargo que ocupa; criatura tão insignificante não merece poder escrever nesta
lingua lusófona de Camões.

Um abraço
AA

Anónimo disse...

Tambem que quiz responder a letre mas nao me deixou entar no site dele.

Realmente fomos maus colonizadores!!! mas ao fim de 200 anos de independencia ja podiam ter feito melhor, mas como nao o fizeram, e que tantos milhares procuram neste cantinho melhor sorte.

E preciso ser estupido.
P.Q.O.P.
Espero nao ter que desenvolver.

Fugindo do contexto; Umas boas e Santas Festas de Natal, para si todos os seus, e leitores.

Ruvasa disse...

Viva, Alcino!

Gente desta sempre se encontra.

Abraço e obrigado pelas Boas Festas que retribuo por inteiro.

Abraço

Ruben

carneiro disse...

Eu sinceramente não me lembro de ter colonizado o Brasil. E porque entendo que só deva ser responsabilizado por aquilo que faça ou diga... o cara não me atinge porra nenhuma.

Entretanto, venho desejar Boas Festas e felicidades pessoais para o próximo ano.

Abraço do carneiro.

Isabel-F. disse...

Ruben,

Não há limites para o homem que possui a capacidade de sonhar. É necessário muito pouco para provocar um sorriso e basta um sorriso para que tudo se torne possível.
Descobrimos que o Ano que termina vale a pena, quando começamos a enviar e receber os cartões de Natal. Afinal, de algum modo, aprendemos que o que realmente importa são os sentimentos, é o amor... É estarmos ligados, unidos. É isto que comemoramos: O nascimento da esperança de um mundo melhor. Muita paz, alegria e amor na tua vida e de todos que te são queridos. Feliz Natal! Feliz 2007.
Beijinhos
Isabel Filipe

Sulista disse...

«Ai uiche iu a merri cristmas»

:-D

Anónimo disse...

Um Santo e Feliz Natal
CMatos

azurara disse...

Os votos de um Feliz Natal com um forte abraço ao Ruben.

Ruvasa disse...

Viva, Carneiro!

Uma das coisas que respondi ao mongolóide foi que talvez tivesse sido bom que o palerma tivesse auscultado a opinião dos muitíssimos milhares de respectivos conterrâneos que aqui ganham o pão de cada dia que no Brasil não conseguem nem ver...

Talvez que assim, o escrito do escrevinhador de meia-tigela, pudesse retratar, de forma um pouco mais equilibrada e menos lesiva dos próprios neurónios, um país que, não obstante e por certo por masoquismo requintado, tantas vezes visita, talvez à procura do que no seu não encontra, sabe-se lá!

Abraço e Santo Natal e 2007 fértil.

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Isabel!

Tens toda a razão.

Beijinhos também para ti, com votos de que o Menino Jesus se porte bem e o 2007 também.

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Maria João!

Se tu m'uíchas, também eu t'uícho... ora essa!

Beijinho

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, CMatos!

Igualmente para si, amigo, igualmente para si...

Abraço

Ruben

Ruvasa disse...

Viva, Agnelo!

Força nisso, companheiro, força nisso!

Abraço e votos iguaizinhos

Ruben

Anónimo disse...

Caro Ruvasa,

Felizmente a opinião deste estafermo não é a mesma que a da maioria do povo brasileiro que sempre mostra orgulho nas ligações das suas raízes e cultura a Portugal.

O "cara" pensou ter direito a tratamento VIP por qualquer motivo. Como não conseguiu as facilidades "esperadas", desatou no dasafôro... Isso passa-lhe e para nós fica a consolação de não termos cá lixo daquele.

Natal Feliz e Bom ano para si e família.