domingo, dezembro 31, 2006

787. Macau e Hong Kong

Hong Kong: baía e dois arranha-céus na neblina
(vista do Victoria Peak)


Uma Rua de Macau

Toponímia actual de Macau

Hong Kong: porto e baía de Aberdeen, com um "sampan" em primeiro plano e, ao fundo, o "Jumbo", restaurante flutuante

Click nas fotos, para ampliar

11 comentários:

Anónimo disse...

Um grande e feliz 2007.
CMatos

O Raio disse...

A foto com o nome da Rua Sul do MeRcado de S. Domingos não é a toponímia actual de Macau pois, desde a saída de Macau da Administração Portuguesa muitas placas foram trocadas pois considerou-se que se devia dar mais destaque ao nome em chinês.
Assim, actualmente na maior parte das ruas o nome em chinês está na parte de cima, em destaque e o em português na parte de baixo.

Ruvasa disse...

Viva, Raio!

A foto foi tirada por mim em Novembro passado.

Toda a toponímia que vi estava grafada assim.

Abraço

Ruben

Conceição Duarte disse...

Amigo, estive em macau e fiquei impressinonada com tudo o que ví por lá e em toda a China... Muito diferente. Comi até um bacalhau em macau , mas confesso a experiência foi péssima! Lindas as suas fotos. Bjus e obrigada pela visita no meu modestíssimo blog,

CON

Conceição Duarte disse...

Ruvasa, adorei seu coemntário no meu blog, e também a definição sobre PARAISO NO INFERNO...E céu! Muito divertido!
O que deixou escrito para mim é lindo, poético, romântico. o Tempo é lindo também... Bem vivido ele é belo!
Bjus COn

Ruvasa disse...

Viva, Conceição!

Estive pela primeira vez em Macau, em 1999, dez dias antes da entrega à China. Fiquei muitíssimo bem impressionado com a cidade, com o que lá deixámos.

Voltei lá em 2006, portanto 7 anos após. Fiquei simplesmente esmagado!

Abraço

Ruben

Daniel und die Delphine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel und die Delphine disse...

Hallo Ruvasa ich finde das die Bilder gut aussehen.Wie geht es dir mir geht es nicht so gut.

Dein Daniel

Dylan disse...

Macau, o fim do nosso esplendor no Oriente.

Ruvasa disse...

Bitte entschuldigen Sie mich, Daniel.
Gerade gesehen, Ihren Kommentar heute.

Begrüßung für Sie

Ruvasa disse...

Viva, Dylan!

O nosso esplendor continua por esse mundo fora. Aqui é que ele teve fim. Lá por fora os feitos dos nossos antepoassads são honrados pelos povos com memória.

Tenho encontrado isso nos quatro continentes. Por outro lado, dizem-me que na Austrália também.

Abraço

Ruben