sexta-feira, abril 14, 2006

735. Ainda a propósito...


... dos deputados faltosos ontem, 119 em 230, o que provocou que houvesse legislação não aprovada, uma vez mais por irresponsável falta de quorum, apetece aqui perguntar:

- Mas será que eles ainda respeitam alguma instituição e algum grupo de eleitores ou entendem que "este país" é uma coutada sua, onde põem e dispõem a seu bel prazer, com todo o despudor, completamente impunes?
Será que ainda lhes resta um mínimo de vergonha na cara, de dignidade?
...
E é ou não caso para varrê-los do País? Será que queremos irresponsáveis deste quilate, sem honra, a representar-nos?
...
Nas próximas eleições, continuaremos a depositar o voto a seu favor? Uma vez que eles a não têm, ao menos teremos nós um pouco de honra ou já nem nós a temos?

...
É que pactuar com situações destas, dar cobertura - que é o que se faz, quando neles se vota - a gente deste quilate, é não se saber fazer respeitar e se não soubermos fazer-nos respeitar não merecemos que nos respeitem. Que é o que eles, afinal, fazem...
...
Ora, vamos lá a ver se, de uma vez por todas, assumimos posição de verticalidade, abandonando postura idiota de subserviência, perante quem não está à altura dos cargos que exerce e responsabilidades inerentes. Vamos, de uma vez por todas, varrer o país desta lixarada, que infamemente o conspurca, emporcalha, reduz à maior das misérias, que é a miséria moral!
...
É tempo de lhes mostrar que entendemos que basta de tanta pouca vergonha! É tempo de os meter na ordem, já que eles, por si só, se mostram incompetentes para o fazerem!
...
Por uma questão de princípio de dignidade. Deles, do País, nossa!
...
Adenda (21,52horas da mesma data):

Alguém que leia este post saberá dizer-me quem foram os faltosos? Os nomes apenas, que os grupos parlamentares eu depois consigo obter.

É que gostaria de confrontá-los com o sucedido, pedindo explicações.

Que eles têm que dar...
...

6 comentários:

Nuno Brito disse...

Isso mesmo ! vamos á luta...

Ruvasa disse...

Viva, Nuno!

O pior é que os eleitores continuam a dar-lhes o voto, em vez de, muito simplesmente, passarem a votar nulo, que é a única forma de se cumprir o dever cívico de votar, não dando o voto a nenhum destes amorais e relapsos incumpridores.

Abraço para vocês

Ruben

PortoCroft disse...

Caro Ruben,

Que se passa? Faltaram? Não faltaram. Marcaram o ponto e foram-se embora de férias da páscoa. Isto, que a ser feito em qualquer empresa, daria direito a um processo disciplinar, nos deputados é normalissímo acontecer.

Esqueceram-se e está a ser mais falado porque, para efeitos de votação, não havia quórum. A palhaçada vai continuar. Nem se iludam.

Ruvasa disse...

Viva, Croft!

Parace que foi assim:

- uns faltaram, pura e simplesmente;

- outros, assinaram o ponto e rasparam-se, tão irresponsáveis e fraudulentos como meninos de escola;

- outros...

Isto é uma falperra!

E os eleitores, impassiveis e provavelmente até concordantes, pois que em Portugal está muito arreigado o espírito do "chico-esperto", que lesa a sociedade em geral, mas que se vai safando, para gáudio do povoléu.

E, assim, cantando e rindo, lá vamos afundado-nos cada vez mais.

Gostaria de saber os nomes dos faltosos, para os confrontar com as responsabilidades que têm.

Abraço

Ruben

Ruvasa disse...

Viva Meu Caro Amigo Ruben

Isto é o resultado da escolha que os dirigentes dos partidos fazem dentro do seu grupo de "amizades". Que mais dizer? Ora porra para isto...!

Um abraço

AA

Daniel Geraldes disse...

Caro Ruvasa,li hoje no jornal destak que a lista dos 103 deputados faltosos se encontra afixada no site do parlamento.