domingo, março 12, 2006

691. A Grande Muralha da China - Tema 3


A Grande Muralha


A Grande Muralha da China, que pode ser visitada mais comodamente, a cerca de 70 quilómetros de Pequim, a capital, é uma assombrosa estrutura militar defensiva. Foi construída durante o período da China Imperial.

No total, mede entre 5.000 a 6.000 quilómetros, entre o nordeste da China e a Mongólia. Trata-se da única construção humana visível a olho nu a partir da Lua.

Desde o final da construção, A Grande Muralha passou a fazer parte da história da China com o nome de “Muralha dos Dez Mil Li” (dois Li equivalem a cerca de um Km),

Dezasseis metros, é a altura média dos respectivos muros. A sua construção iniciou-se por volta do Séc. II aC, tendo-se arrastado pelos séculos seguintes. Teve cerca de 40.000 torres de vigia e ocupou mão de obra num total de mais de 300 mil homens, entre soldados, camponeses e escravos.

O trecho mais recente foi concluído por volta de 250aC. pelo imperador Tchi Huang Ti, que a usou para proteger o território das investidas de mongóis e outros invasores.

Na construção, foram usados materiais locais. Perto de Pequim, a parede foi construída com blocos de pedras e calcário. Em outras regiões foi usado o granito e o tijolo. Nas regiões mais desérticas, a ocidente, o problema da construção foi resolvido com o recurso a várias misturas, uma das quais é a madeira áspera amarrada.

4 comentários:

PortoCroft disse...

Caro Ruben,

Pela suas belezas e riqueza cultural, essa região do glogo, atrai-me.

Quando um dia tudo se conjugar nesse sentido, - e refiro-me a deixar de fumar, já que as grandes viagens estão a ser proteladas pelo vício - sem duvida que me hei-de passear pela grande muralha.

Abraço.

Ruvasa disse...

Viva, Croft!

Se tudo correr na forma esperada, em Novembro por lá andarei. E também em Pequim (Tian'anmen, Templo do Céu, Cidade Proibida) Xhanghai e a Torre da TV, exército de terracota em Xiao, Quilin, rio Li em Li Jiang e, de novo, Hong Khong, a turbulenta Hong Khong.

Deixe lá o vício. Eu era grande fumador e fi-lo durante 40 e tal anos. Em 27 de Abril de 1999, dois meses após me ter aposentado, larguei aquilo. Só tenho pena de o não ter feito há mais tempo!

Abraço

Ruben

Menina_marota disse...

Ah... enquanto tive oportunidade de viajar, (jovens não pensam... ia à "pala" dos paizinhos...) não a fui visitar... talvez um dia lá vá...apesar de não ser o meu "grande sonho" confesso que me atrai imenso esse local...por iso quem sabe, a Vida me reserve essa surpresa...

Um abraço e boa semana :)

Ruvasa disse...

Viva, Menina_marota!

Bem aparecida!

Claro que um dia lá irá. Nunca se deve perder a esperança.

Eu sempre tive essa mira e apenas agora, quase sixty four estão passados, a vou concretizar, se as coisas correrem bem.

Abraço igual e semana melhor.

Ruben