quarta-feira, março 16, 2005

254. O meu candidato

Tendo presente que gostaria de ter como Presidente da República um homem sério e em quem todos os portugueses, independentemente das suas opções políticas, possam confiar, por já ter dado bastas provas – até como Presidente da Assembleia da República – de total isenção e de comportamento de uma dignidade acima de qualquer suspeita, declaro que a personalidade que apoiarei, no caso de se candidatar a Presidente da República, é o Dr. João Bosco Mota Amaral, que, em todas as circunstâncias, soube sempre mostrar-se à altura do que lhe foi sendo exigido, como político íntegro, pouco dado a manifestações públicas de exibicionismo bacoco, de mau gosto, que jamais deu mostras de se preocupar com algo que não fosse o interesse público e para quem, acima do próprio partido, está Portugal.

É assim que entendo a magistratura da Presidência da República. Por isso, o meu incondicional apoio.

4 comentários:

Ricardo disse...

Viva,

Não tem o meu incondicional apoio porque conheço razoavelmente bem o seu trabalho nos Açores e não fiquei siderado. Mas é uma pessoa que merece o meu respeito e, sem dúvida, também é uma pessoa séria. É do melhor que o PSD tem. Só não sei se será forte politicamente mas isso o tempo o dirá.

Abraço,

Pantera disse...

Não gosto de Mota Amaral...apenas os verdadeiros patriotas devem representar o post máximo da Presidencia da república.Ele não fez nada que mereça tal título...

Cumprimentos!!

Ruvasa disse...

Viva!

Claro que é seu direito. Mas olhe que Mota Amaral jamais fez o que quer que fosse de tão grave como tantos outros que por aí gozam do estatuto de grandes patriotas, cujos nomes, se me permite, me escuso de escrever, tão conhecidos são.

cumprimentos

Pantera disse...

"Mas olhe que Mota Amaral jamais fez o que quer que fosse de tão grave como tantos outros que por aí gozam do estatuto de grandes patriotas, cujos nomes, se me permite, me escuso de escrever, tão conhecidos são."

Bem esta é boa!!!Então diga lá um nome???Não vai dizer Mário Soares??Cavaco Silva???Os grande patriotas são quase todos desconhecidos!!!Eu apenas disse que num cargo máximo do estado português deveriam estar os patriotas,e certamente Mota Amaral não o é!!!


Cumprimentos!!!