terça-feira, março 22, 2005

265. O Galhofas (2)

Se sou atacado, é porque sou de valor!
Freitas do Amaral,
ontem, à saída do hemiciclo
Pois!... Cá p'ró mê intender o home é mas é de muitos valores, carago!

Se vocemecê me coçar o barrigame,
ê cá digo-le o qu'é qu'ê penso.

00000

4 comentários:

O Velho da Montanha disse...

O homem tornou-se uma verdadeira lástima!

Ruvasa disse...

Viva!

Na verdade...

Sabe, sem querer ser deselegante, não posso deixar de dizer que me parece que algo de estranho se passa com FA. É que nada daquilo é normal. Não digo já só nele, mas em qualquer pessoa até.

Cumprimentos

Pantera disse...

É fácil falar à distancia o dificil é quando se tá no gorverno...Você esqueceu-se de meter aquela quando Freitas disse q não tinha chamado ditador a Bush!!!

Cumprimentos!!

Ruvasa disse...

Viva, Pantera!

Não me esqueci. Entendi, porém, que devia travar um pouco...

É que elas são tantas e tão seguidas que até já dá para desconfiar de que algo não está a bater certo.

cumprimentos